Notícias & Pesquisas

Comerciantes curitibanos estão preocupados com as vendas para o final de ano

Comerciantes curitibanos estão preocupados com as vendas para o final de ano

Pesquisa realizada pelo Grupo Datacenso aponta que devido a pandemia da Covid-19, para a maior parte dos comerciantes curitibanos (53%), as vendas deste ano serão inferiores às do ano passado, principalmente em função do aumento do desemprego e da queda da renda das famílias causados pela pandemia de coronavírus. E, também, estão preocupados com a economia para o próximo ano.

A expectativa é de uma queda nominal de 11% nas vendas em relação ao mesmo período do ano passado. E uma queda real de 14%, corrigida pela inflação acumulada dos últimos 12 meses de 2,4%.​

Para os que irão fazer investimentos (34%), os mais citados são: reformas na parte estrutural; mudanças na parte estética (redecorar, modernizar), investimentos em tecnologia; e mudanças relacionadas aos produtos oferecidos (variedade e qualidade).

A pesquisa mostra, ainda, que mais da metade dos consumidores paranaenses está preocupada (53%) com a economia do Brasil para o próximo ano, 2021, seguido de animado (29%) e desanimado (18%).

O estudo aponta também, que a maioria dos comerciantes (62%) trabalha com vendas on-line/e-commerce. Destes, 55% já trabalhavam com vendas on-line antes da pandemia, mas tem parte significativa (45%) que não trabalhava.

Metodologia da pesquisa

A pesquisa foi realizada de forma quantitativa, no período de 22 a 28 de setembro de 2020. No levantamento foram entrevistados 203 comerciantes curitibanos e 673 consumidores paranaenses, totalizando 876 entrevistas no formato on-line.

A leitura dos resultados deve considerar a margem de erro por tipo de público, de 4% para os consumidores e 7% para os comerciantes, considerando grau de confiança de 95%, sendo satisfatória para uma análise estatística.

Comentários